26 mar. 2012

Obrigada Polaco, você é demais!

Recebi do meu querido amigo e poeta de pluma cheia Antonio Thadeu Wojciechowski este precioso poema como presente de aniversário.
Nem sei se mereço tanto, mas adoro todo esse carinho! Nem preciso dizer que fiquei feliz, não é!?
Saúde Thadeu!
(Quer dar uma entrada no blog dele? Clica no nome, não vai se arrepender!)


Poeta, tomara que você comemore hoje todos os dias de sua vida.

vento que é vento
não inventa
simplesmente venta
viver bem todo mundo quer
todo mundo tenta
feliz daquele que puder
olhar para trás
e rever as maravilhas
dos seus melhores momentos
em câmera lenta

2 comentarios:

Val Dantas dijo...

Mas que coisa mais chique ganhar um poema de aniversário!!! Ainda mais um tão leve e bonito como este! Sim, a causa é nobre e a protagonista da cena...merecedora de todos os mimos, regalos e tudo o que for carinho! E eu concordo com seu amigo poeta: "olhar para trás e rever as maravilhas dos seus melhores momentos em câmera lenta!" ;-)

Lota dijo...

Val querida, fiquei tão contente mesmo! O ano passado o Thadeu me mandou outro poema lindo! Mas este vem a calhar... É o momento justo, embora meu aniversário seja amanhã!
Ele é um doce de pessoa e um escritor maravilhoso!
E sabe, acho que você tem razão, carinho, eu mereço mesmo!!