22 oct. 2012

Poemeto distraído - Lota Moncada (2011)


2 comentarios:

Val Dantas dijo...

Mas que delicinha este seu poemeto! Muito bom! Penso que a poesia seja mesmo coisas simples, de fácil compreensão, de sentimentos leves e delicados como a gata da sua tia rsss. Adorei!

Lota dijo...

Também acho Val querida! A naturalidade, trabalhada evidentemente, é a base da poesia. Obrigada pela presença e comentário! :)