13 nov. 2013

Habito un país distante - Julio Moncada. Voz Lota Moncada.

Sabe saudade geral, ampla e irrestrita? Hoje bateu uma assim! Saudade até do que não houve, não soube, não vi. E mesmo assim, está lá, existe, corpórea, concreta, doída, desaguando pelos olhos sua realidade. 

Então com este poema do meu pai, Julio Moncada (poema del libro Las voces, Ediciones Americanas "Andes", Santiago de Chile, 1943), gravado já há algum tempo, e que diz tão bem (e também) de mim, os deixo, pelo menos por hoje.


No hay comentarios: