25 oct. 2015

Queria tanto - L. Moncada

queria tanto
ter palavras
brandas tenras
meigas doces
palavras lhanas
de esperançar
palavras amenas
para ninar

mas qual...
tudo o que
a garganta abriga
é grito silente
o avesso do verso
é fadiga  é ritual
de lenta despedida